Weby shortcut
Youtubeplay
Botelho-Cuabá-03

“Trombones Goianos” fazem sucesso em evento nacional

Por Sérgio de Alencastro Veiga Filho. Criada em 26/09/17 08:01. Atualizada em 26/09/17 08:04.

O trombone é um dos instrumentos mais versáteis que podemos achar na orquestra. Conhecido por sua potência, é possuidor de sutilezas sonoras alcançadas por poucos instrumentos. O compositor Hector Berlioz em seu Tratado de instrumentação afirma que “O compositor pode fazê-lo cantar como um coro de monges, ameaçar, proferir um lamento submisso, sussurrar um canto fúnebre, criar um hino de glória, romper em gritos terríveis ou soar seu chamado formidável para o despertar dos mortos”. Vários compositores como Mozart e Beethoven consideraram seu som como a Voz de Deus.


Botelho-Cuabá-03Botelho-Cuabá-01

O grupo “Trombones Goianos” estiveram representando a UFG no XXIII Festival Brasileiro de Trombonistas entre os dias 17 e 22 de setembro de 2017 na UFMT Cuiabá-MT. Durante o evento o grupo tocou em um dos concertos principais. Com repertório variado, tocaram o tema do filme E.T e uma seleção de músicas de autores de Goiás. A apresentação foi muito bem recebida, rendendo vários elogios de todos os presentes. Foi marcante não só a qualidade como a pouca idade de seus integrantes, com média de 18 anos, sendo o mais novo com apenas 16 anos.

 

https://www.youtube.com/watch?v=exPInGkz68A

https://www.youtube.com/watch?v=OhCfawaGn00

 

Botelho-Cuabá-04Botelho-Cuabá-05

Ainda durante o evento a aluna do 4º semestre Sabryna Pinheiro foi a campeã do Concurso Jovens Trombonistas “Radegundis Feitosa” na categoria intermediário até 20 anos. O ex-aluno, recém formado no ultimo semestre, Eliseu de Assis, ficou em segundo lugar no mesmo concurso na categoria avançado até 30 anos. Ainda foram finalistas os alunos Gabriel Queiroz (categoria intermediário) e Pedro Henrique Ribeiro (categoria avançado). Todos os alunos ainda tiveram aulas com importantes professores brasileiros e internacionais.

Durante o evento, o prof. Marcos Botelho candidatou a cidade de Goiânia para sediar o XXIV Festival Brasileiro de Trombonistas em 2018. O referido evento e o IV Simpósio de Trombones de Goiás (Boneweek-Goiânia) serão realizados juntos em 2018. Assim ano que vem nossa cidade pode se considerar a capital do trombone.

 

O Projeto

O projeto de extensão “Trombones Goianos” é voltado para o ensino e performance do instrumento, é coordenado pelo Prof Dr. Marcos Botelho. O projeto possui um curso livre que atende alunos da comunidade, além de proporcionar masterclasses e palestras por todo o Estado de Goiás. Atualmente, possui dois grupos estáveis de trombones, um formado por alunos de graduação e outro formado somente por alunos de extensão (este último em parceria com o ITEGO Basileu França e com o Prof. Pedro Henrique de Faria). Os dois grupos se apresentam separados ou conjuntamente de acordo com a ocasião. O curso é também responsável pela preparação para o VHCE de quase todos os alunos que cursam hoje as graduações com habilitação em trombone na EMAC-UFG.

Aliado às atividades do projeto “Trombones Goianos”, o Simpósio de Trombones de Goiás (BoneWeek) é um evento de extensão da EMAC-UFG que vem crescendo exponencialmente. O evento é realizado em parceria com o IFG, na sua primeira edição em 2014 contou com cerca de 30 participantes e dois professores convidados. Na ultima edição realizada em 2017, foram 3 convidados com destaque internacional e mais 7 professores locais, com a participação de 212 alunos de trombone da região metropolitana de Goiânia, sendo 72% com menos de 18 anos. Nosso principal objetivo é melhorar ainda mais a qualidade dos trombonistas e garantir uma nova geração de excelência.

Fonte : Prof. Marcos Betelho

Categorias : NOTÍCIAS

Listar Todas Voltar