Weby shortcut
instagram
Youtubeplay
Aluno da EMAC, Raphael Leal Gonçalves, vence concurso público para vaga de violoncelista na Orquestra Sinfônica de Paraná.

Aluno da EMAC, Raphael Leal Gonçalves, vence concurso para vaga de violoncelista na Orquestra Sinfônica do Paraná.

Criada em 06/02/20 13:26.

Raphael ingressou no curso de bacharelado em Música em 2018 e, sob a orientação do professor David Gardner, já representou a EMAC em festivais e concertos como solista, camerista e músico da Camerata de Cordas Jean Doulliez da Escola.

Aluno da EMAC, Raphael Leal Gonçalves, vence concurso público para vaga de violoncelista na Orquestra Sinfônica de Paraná.

Sobre Raphael:

Raphael Leal Gonçalves, natural de Uberlândia/MG, iniciou seus estudos de violoncelo aos 13 anos no projeto social Orquestra Jovem de Uberlândia, sob a direção do maestro Flávio Santos Pereira (UNB), matriculando-se no ano seguinte no Conservatório Estadual de Música Cora Pavan Capparelli, continuando assim os seus estudos com o professor Kleper Rezende. Aos 16 anos ingressou na Orquestra de Câmara Camargo Guarnieri da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), orquestra que já acompanhou vários solistas de renome internacional, como Daniel Guedes, Eliane Tokeshi e Bernard Zinck. Em 2007, foi destaque cultural pelo jornal O Correio de Uberlândia.

Estudou com os professores Laura MacNight e Kayami Satomi como aluno de extensão da UFU, local em que participou em quatro edições do Festival de Cordas Nathan Schwartzman, em Uberlândia.

Em 2009, ingressou a Orquestra Sinfônica de Goiânia, onde já atuou como chefe de naipe. Participou também da 24°edição do Festival Internacional de Musica Colonial Brasileira e Musica Antiga. Foi bolsista do 17° e 19° Festival Música nas Montanhas, em Poços de Caldas-MG. Foi bolsista do 49º Festival Internacional de Música de Campos do Jordão.

No ano de 2011, começou a ter aulas de extensão com o Violoncelista Britânico David Gardner, na Universidade Federal de Goiás (UFG). No mesmo ano, participou de uma Turnê Pela Espanha com a Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás(OSJG), como chefe de naipe dos violoncelos, tocando em várias salas de concertos, entre elas a famosa El Palau de la Música Catalana em Barcelona. Em 2014 com a mesma orquestra, participou de uma Turnê na Alemanha, nas cidades de Bonn (Beethovenfest), na Universidade de Bonn, Dusseldorf e Langenfeld, na Schauplatz. Em 2015, participou de concertos como músico convidado pela Orquestra Filarmônica de Goiás, entre eles foi a Turnê Nacional, tocando em 3 cidades paulistas, entre elas em São Paulo, na Sala São Paulo, tendo o renomado violoncelista Antônio Meneses como solista, e regência do maestro Britânico Neil Thomson. Participou também pela mesma orquestra, de uma gravação de CD, contendo músicas do compositor Guerra-Peixe. Participou como concorrente do programa Prelúdio 2017 da TV Cultura. Em junho de 2016, atuou como solista da OSJG, sobre a batuta do maestro venezuelano Alejandro Orellana. Entre 2016 e 2017, participou de uma turnê na China com a OSJG também como chefe de naipe, tocando em 8 cidades na província de Shanghai.

Em 2018, ingressou no curso de bacharelo da UFG na classe do violoncelista Britânico David Gardner. No mesmo ano ele foi promovido para chefe de naipe dos violoncelos da Orquestra Sinfônica de Goiânia e em 2019 ganhou 1.º lugar no concurso para integrar no Orquestra Sinfônica de Paraná. Raphael toca em um instrumento violoncelo Inglês do luteria Hill, de 1739.

Fonte: Prof. David Gardner

Categorias: Notícias