Weby shortcut
instagram
Youtubeplay
  • Ver todas
  • Festival_Ópera-thumb

    Participe do Ópera Goiânia

    17 Mai

    Com o objetivo de divulgar e promover a arte lírica em Goiânia, a Prefeitura de Goiânia e a Universidade Federal de Goiás realizam, entre os meses de maio e julho de 2019, o Festival de Ópera de Goiânia – FOGO. Sem deixar de lado as ações formativas, com workshops e masterclasses com artistas convidados, o objetivo principal é oportunizar ao público da cidade o acesso a espetáculos operísticos de qualidade, combinando no palco os talentos de nossa cidade junto a grandes nomes da ópera no cenário nacional. 

    Quatro títulos estarão na programação, sendo duas óperas encenadas e duas em forma de concerto com o que denominamos de “meia cena”. Nos dias 17 e 18 de maio, será encenada no Teatro Basileu França a ópera Cavaleria Rusticana, do italiano Pietro Mascagni, numa produção Itego Basileu França, com a Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás e Coro Sinfônico Jovem de Goiás. 

    Dia 29 de maio, no Teatro Belkiss Spenciere Carneiro de Mendonça da EMAC, e dias 31 de maio e 01 de junho, no Teatro Basileu França será encenada a ópera Amahl e os Visitantes da Noite, do compositor americano Gian Carlo Menotti, numa produção da Escola de Música e Artes Cênicas da UFG em parceria com a Orquestra Jovem Municipal Joaquim Jayme. 

    No dia 16 de junho será levado ao palco do Centro Cultural Oscar Niemeyer, em forma de concerto, a ópera Il Pagliacci, do italiano Ruggero Leoncavalo, com a Orquestra e Coro Sinfônicos de Goiânia, sob a regência do maestro paulista Abel Rocha. 

    Finalizando o festival, o Teatro Sesi receberá, em forma de concerto, a ópera O Barbeiro de Sevilha, do italiano Gioachino Rossini, também com a Orquestra e Coro Sinfônicos de Goiânia, sob a regência do maestro italiano Alessandro Sangiorgi.  

    Além dos talentos vocais locais como Hélenes Lopes, Jadson Álvares, Patrícia Mello, Alexandre Vaz e Hudson Ayres, o Festival de Ópera de Goiânia – FOGO trará nessa edição grandes nomes da arte lírica no Brasil, como as mezzo-sopranos Luciana Bueno e Jayana Paiva, a soprano Poliana Alves e os barítonos Douglas Hahn, Daniel Germano e Gustavo Rocha. 

    Como regentes, além dos experientes maestros de renome nacional, já citados, Abel Rocha e Alessandro Sangiorgi, o Festival contará com a participação dos maestros goianos Angelo Dias e Eliel Ferreira. 

    É uma oportunidade excelente para conferir, gratuitamente ou a preços simbólicos, a qualidade da arte lírica produzida no Brasil, e em especial em Goiânia, cidade que sempre teve tradição de exportar grandes cantores líricos para outros centros. O objetivo é tornar o Festival uma ação anual permanente, realizada através de parcerias, dando subsídios para que os cantores líricos aqui formados possam desenvolver sua arte, mostrando suas qualidades e potenciais ao público da cidade, bem como para buscar ferramentas para o crescimento, em nossa cidade, dessa arte que vem encantando plateias em todo o mundo desde o seu surgimento no século XVI, e que para a qual existem teatros e espaços específicos em todos os cantos mundo afora. 

    O Festival de Ópera de Goiânia – FOGO – é uma realização da Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Orquestra Sinfônica de Goiânia (OSGO), em parceria com a Universidade Federal de Goiás, por meio da Escola de Música e Artes Cenicas (EMAC) e Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PROEC). Como co-realizadores temos o Governo de Goiás, por meio do Itego Basileu França, Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás e o Centro Cultural Oscar Niemeyer e o Teatro Sesi. O evento tem também o apoio do Instituto Orquestra Cidadã – IOC. 

     

    Festival_Ópera

     

    Festival de Ópera de Goiânia 2019

    Programação

    17 e 18 de maio

    ÓPERA ENCENADA: CAVALLERIA RUSTICANA – PIETRO MASCAGNI

    Coro Sinfônico Jovem de Goiás e Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás

    Solistas: Poliana Alves (Santuzza), Hélenes Lopes (Turiddu), Patrícia Mello (Lola), Jadson Alvares (Alfio) e Sara Veras (Mama Lucia)

    Regente: Eliel Ferreira

    Produção: Itego em Artes Basileu França / OSJG

    Local e horário: Teatro Basileu França, às 20 horas.

    Endereço: Av. Universitária, 1.750, Setor Universitário. Telefone: 3988-8954.

    Ingressos: 10 reais (preço único promocional)

    29, 31 de maio e 1 de junho

    ÓPERA ENCENADA: AMAHL E OS VISITANTES DA NOITE – GIAN CARLO MENOTTI

    Coro de Câmara da EMAC/UFG e Orquestra Jovem Joaquim Jayme

    Solistas: Joyce Pereira (Amahl), Jayana Paiva (Mother), Natan Milhomen (Mago), Gustavo Weiss (Mago), João Pedro Coelho (Mago) e Ítalo Souza (Pajem)

    Regente: Angelo Dias

    Produção: Escola de Música e Artes Cênicas da UFG

    Local e horário: Dia 29 de maio – Teatro da EMAC/UFG, às 9h50.

    Dias 30 de maio e 01 de junho – Teatro Basileu França, às 20h.

    Endereço: Av. Universitária, 1.750, Setor Universitário. Telefone: 3988-8954.

    Ingressos: 10 reais (preço único promocional)

    16 de junho

    ÓPERA EM CONCERTO: IL PAGLIACCI – RUGGERO LEONCAVALLO

    Coro e Orquestra Sinfônica de Goiânia

    Solistas: Hélenes Lopes (Canio), Patricia Mello (Neda), Jadson Alvares (Silvio), Douglas Hahn (Tonio) e Alexandre Vaz (Arlequino)

    Regente: Abel Rocha

    Produção: Orquestra Sinfônica de Goiânia

    Local e horário: Palácio da Música, Centro Cultural Oscar Niemeyer, às 11 horas

    Endereço: Av. Deputado Jamel Cecílio, Lote 01, Quadra Gleba, Alameda Fazenda Gameleira. Telefone: 3201-4932

    Ingresso: Entrada franca

    2 e 3 de julho

    ÓPERA EM CONCERTO: O BARBEIRO DE SEVILHA – GIOACHINO ROSSINI

    Coro e Orquestra Sinfônica de Goiânia

    Solistas: Luciana Bueno (Rosina), Douglas Hahn (Fígaro), Daniel Germano (Bartolo), Hudson Ayres (Conde), Gustavo Rocha (Basílio) e Natália Afonso (Bertha)

    Regente: Alessandro Sangiorgi

    Produção: Orquestra Sinfônica de Goiânia

    Local e horário: Teatro Sesi, às 20 horas

    Endereço: Av. João Leite, n. 1013, Santa Genoveva. Telefone 4002-6213

    Ingresso: 1livro literário ou dois quilos de alimento não perecível

    Ficha técnica

    Realização:

    Prefeitura de Goiânia

    Universidade Federal de Goiás

    Secretaria Municipal de Cultura

    Orquestra Sinfônica de Goiânia

    Escola de Música e Artes Cênicas da UFG – EMAC/UFG

    Co-realização:

    Governo de Goiás

    Secretaria de Estado da Cultura

    Centro Cultural Oscar Niemeyer

    Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Inovação

    Itego em Artes Basileu França

    Pró Reitoria de Extensão e Cultura

    Teatro Sesi

    Apoio: Instituto Orquestra Cidadã

    Iris Rezende – Prefeito Municipal de Goiânia

    Kleber Adorno – Secretário Municipal de Cultura

    Edward Madureira Brasil – Reitor da UFG

    Eduardo Meirinhos – Diretor da Escola de Música e Artes Cênicas da UFG

    Comitê Organizador:

    Eliseu Ferreira da Silva

    Ângelo Dias

    Marília Álvares

    Ketty Leite de Morais

    Carlos Costa

    Flavia Maria Cruvinel

     

    Leia mais...

  • Concertos UFG-29-05-2019

    Concertos UFG

    29 Mai

     

    Alexandre Vaz, tenor
    É formado em Música (bacharelado, habilitação em Canto) pela Universidade Federal de Goiás, onde foi aluno da professora Drª. Ângela Barra. Participou de masterclasses e festivais com Chris Merritt, Drª. Linda Dobbs, Dr. Ricky Little, Drª. Liliana Bizineche, Drª. Noemi Lugo e Ricardo Ballestero. Vaz participou de óperas como “L’Elisir d’Amore” (Nemorino) de G. Donizetti, junto a Universidade de Brasília (UnB), e Die Zauberflöte (Tamino) de W. A. Mozart, junto a Universidade Federal de Goiás (UFG). Foi também solista em Messiah de G. F. Händel e Elijah de F. Mendelssohn, ambos sob a regência do Dr. Ângelo Dias, e também da 9ª Sinfonia de Beethoven, sob a batuta do maestro Carlos Moreno. Nos Estados Unidos, estudou canto com Roger Lucas e também com Dr. Larry Stickler, em Marshall University (West Virginia), onde ganhou o 1º grande prêmio no Eloise Campbell Long Award. Recentemente, Alexandre Vaz conquistou o 1º grande prêmio masculino no 17º Concurso Brasileiro de Canto Maria Callas, que é uma das maiores e mais significativas competições de canto lírico da América Latina.

     

    Sérgio de Paiva, piano
    É licenciado em Educação Musical, Bacharelado em Piano e possui Mestrado em Performance Musical, todos os graus conferidos pela Escola de Música e Artes Cênicas da UFG. Foi professor substituto da EMAC (Escola de Música e Artes Cênicas) - UFG, na área de Acompanhamento ao Piano. Gravou, como pianista acompanhador, o CD “Vanessa Bertolini in Concert”, junto à atuante cantora lírica e professora de Canto da EMAC-UFG Vanessa Bertolini. Participou também da gravação do CD “Canções das Horas noturnas”, em que acompanha o tenor Weber de Assis neste ciclo de 12 canções do compositor Juliano Lima Lucas, dedicado especialmente a este duo. Foi professor dos cursos Técnico e Licenciatura em Música do IFG (Instituto Federal de Goiás). Atua também como regente de coros em Goiânia. Atualmente, rege o Coral Gradiva, do Núcleo Freudiano de Psicanálise em Goiânia e também o Coral do Tribunal de Contas do Estado de Goiás. Trabalha no Ciranda da Arte (SEDUCE), junto aos grupos Os Menestréis e Em Pauta Madrigal. É um dos pianistas correpetidores dos cursos de graduação em Instrumento e Canto da UFG, além do Coro de alunos da Graduação em Música. Desenvolve o trabalho de direção e preparação musical junto à Cia Teatral Sala 3." 

     

    Concertos UFG-29-05-2019


    Concertos UFG
    Goiânia, 29 de maio 2019
    Centro Cultural UFG
    Horário: 20:30

     

    PROGRAMA

     

    G. Rossini (1792 – 1868)

    Se Ostinata Ancor Non Cedi - Tancredi

     

    E. Villani-Côrtes (1930)

    Valsinha de Roda

     

    O. Lacerda (1927 – 2011)

    A Valsa

     

    C. Guarnieri (1907 – 1993)

    Canção Ingênua

     

    W. Henrique (1905 – 1995)

    Senhora Dona Sancha

     

    F. Schubert (1797 – 1828)

    Nacht Und Träume

    Auf dem Wasser zu singen

     

    R. Strauss (1864 – 1949)

    Zueignung

     

    G. Bizet (1838 – 1875)

    Guitare

     

    E. Chausson (1855 – 1899)

    Hèbè

     

    G. Fauré (1845 – 1924)

    Lydia

     

    F. Liszt (1811 – 1886)

    Oh! Quand Je Dors

     

    C. Gounod (1818 – 1893)

    Ah! Lève-toi, Soleil - Roméo Et Juliette

     

    G. Rossini (1792 – 1868)

    O Lusinghiero Amor - La Gazzetta

     

     

    Alexandre Vaz, tenor

    Sérgio de Paiva, piano

     

    Leia mais...

  • Foto Gabriella Vitorino2

    Estreia do espetáculo "Os Sofrimentos do Velho Afonso"

    30 Mai


    Aluno egresso do curso de Teatro estreia espetáculo, com texto inédito, escrito e dirigido por ele, como parte de sua tese de doutorado

     

     

    A Barbante Cia. de Teatro estreia, no próximo dia 30, a comédia “Os Sofrimentos do Velho Afonso”. O espetáculo será apresentado nos dias 30 e 31 de maio no Teatro da EMAC, no Campus 2, da Universidade Federal de Goiás, às 19 horas. E logo depois entra em cartaz no Teatro Sonhus, que fica no Lyceu de Goiânia, nos dias 2, 7, 8, 9, 15 e 16 de junho, sempre às 20 horas. E a entrada é franca.

    O espetáculo conta a história de um velho chamado Afonso, com uma cômica obsessão em sofrer. Para tal efeito, ele recebe auxílio de Vavá, seu desajeitado ajudante. Ele é explorado por seu vizinho Firmino, sendo obrigado a fazer trabalhos humilhantes, e recebe acusações absurdas. Mas suas atribulações podem acabar, após a chegada de um misterioso novo empregado, Lino.

     

    Foto Gabriella Vitorino1
    Foto: Gabriella Vitorino

     

    A comédia “Os Sofrimentos do Velho Afonso” é goiana, caipira, com elementos da comédia clássica de Plauto e Terêncio, moda de viola e Shakespeare. Trata-se de um texto inédito, escrito e dirigido por Carlos Rabelo, como parte de sua tese de doutorado em Artes Cênicas pela UFBA (Universidade Federal da Bahia). O objetivo do espetáculo é apresentar um teatro popular, acessível, mas apoiado no material cômico e literário do passado. O projeto recebeu apoio da ENEL através da Lei Goyazes de Incentivo à Cultura.

     

    Foto Gabriella Vitorino2
    Foto: Gabriella Vitorino

     

    Serviço

    Os Sofrimentos do Velho Afonso

    Datas: 30 de maio

    Local: Teatro da EMAC, Campos 2, UFG.

    Horário: 19 horas.

    Datas: 2, 7, 8, 9, 15 e 16 de junho.

    Local: Teatro Sonhus, Lyceu de Goiânia, Rua 18, Centro.

    Entrada Franca

     

    Leia mais...

  • Ver todos
  • Histórico