O piano e suas perspectivas andrea luisa teixeira dona fifia

O piano e suas perspectivas com Maria Lucy Veiga Teixeira (Dona Fifia)

Evento

: YouTube UFG Oficial

: 03 de Julho 2020 - 16h às 17h

Maria Lucy Veiga Teixeira é inspiração para nós goianos e para o Brasil, tendo representado e divulgado a música Em várias cidades do país. desde a década de 50.  Em 1956, Maria Lucy Veiga Teixeira, fez parte da equipe que fundou o Conservatório Goiano de Música, juntamente com o maestro Jean Douliez, Belkiss Carneiro de Mendonça, Maria Luiza Póvoa Cruz e Dalva Maria Pires Machado Bragança, que atualmente é a Escola de Música e Artes Cênicas da Universidade Federal de Goiás.

Dona Fifia, como é carinhosamente conhecida, se formou em Canto Orfeônico com orientação de Heitor Villa-Lobos no Rio de Janeiro, além de ter se formado em Piano, Canto e Educação Musical. Recebeu as maiores honrarias do Estado de Goiás e medalhas e prêmios distintos também de outras capitais.

Seu trabalho pioneiro à frente do Coral da Universidade Federal de Goiás, se apresentando em várias cidades brasileiras, foi destaque para excelentes críticas  e sucesso de público por onde o Coral passou. O crítico Antônio Hernandez, do Jornal O GLOBO escreveu as sábias palavras sobre Maria Lucy com o seguinte título: Goiás, musicalidade molecular: “Tem pureza da vida que recém-começa e a musicalidade sanguínea que vinha sendo refinada séculos antes da existência do próprio estado de Goiás...os sopranos são capazes de saltos difíceis nos agudos, atingindo sem esforço o centro, não digamos matemático, mas sim musical, da nota... tem disciplina rítmica e dinâmica e uma docilidade exemplar ao comando de sua benemérita diretora... de quem os goianos podem estar orgulhosos, pois em suas mãos, é a própria música que respira...” O GLOBO 26/09/75

 

O piano e suas perspectivas andrea luisa teixeira dona fifia