PROGRAMAÇÃO 24/11/2019

Atualizado em 22/11/19 16:06.

 FUGA_12_banner_de_site(antigo)-01.jpg

Oficina de Iluminação: Universidade Lumikit na estrada

 lumikt na estrada.png

Horário: 9h00 às 18h00

Local: LACENA - EMAC

Vagas: 10 para alunos da UFG (mediante comprovante) e 15 vagas para comunidade externa.

Taxa: Gratuito

Inscrição

 

ESPETÁCULO FUGUINHA: TUNÁ - Teatro para Bebês

 tuna teatro p bbs.png

Horário: 9h30 às 11h00

Local: LACENA - EMAC

Duração: 30 minutos

Capacidade máxima de público: 50 pessoas somando bebês/crianças e adultos
acompanhantes.

Sinopse


Tuná é água para algumas etnias indígenas como os Apalaí, os Kaxuiana e os Macuxi. A água é o elemento que permeia a ligação entre as personagens deste espetáculo. Nele, uma mãe e uma filha velejam juntas por meio do som, ninando o rio de suas vidas e desvendando os ensinamentos dos ancestrais que vieram antes delas. O espetáculo, contemplado pela Lei de Incentivo à Cultura de Goiânia- Edital 03/2018, é especialmente destinado a bebês e crianças pequenas de 6 meses a 4 anos de idade e integra as ações do projeto de extensão Teatro para Bebês na UFG, ligado ao Laboratório de Montagens Cênicas e Teatro Educação, da EMAC – UFG.


Ficha Técnica
Direção e Trilha sonora: Fernanda Cabral (Cia. Studio Sereia)
Atuação: Joana Abreu
Yasmin Lyra
Direção de Arte, Criação de identidade visual e figurino: Cacá Fonseca
Confecção de figurino: Zilda
Cenografia: WGCena
Iluminação: Eduardo Teixeira
Produção: Lorena Fonte
Mediação de público e apoio de produção: Lia Monteiro, Paulinha Araujo,
Fabiana Viana
Fotos e vídeo: Luciano Cachimbo

 

Seminário do Programa de Pós-Graduação em Artes da Cena: Comunicações

Horário: 14h00

Local: Lacena

Inscrição para ouvintes: Clique aqui

Mesas Redondas Seminário do Programa de Pós-Graduação em Artes da Cena

Horário: 16h30

Local: Lacena

Informações:

Mesa de Encerramento: Provocações e Atualidade A Arte-Educação nos Contextos Atuais. Reflexões Urgentes.
Analice Dutra Pilar. - UFRGS
Fernando Azevedo. - UFPE
Ana Mae Barbosa - Anhembi Morumbi/USP

Isabel Marques - Caleidos
(Por videoconferência)

Inscrição para ouvintes: Clique aqui

 

Coco de Roda

Evento organizado pelo Curso de Dança da UFG (Profa. Renata Lima) com a participação especial do grupo Tronco de Angico.

Horário: 18h00

Local: Praça Universitária

 

ESPETÁCULO da disciplina Montagem de espetáculo: Batismo de Fogo.

 batismo de fogo.png

Horário: 20h00

Local: teatro CCUFG

Inscrição para ouvintes: Clique aqui

Sinopse:

O espetáculo traça um quadro de aspectos da história cultural goiana, enfocando temas como a miscigenação, a migração, as tradições culturais e a relação com as comunidades indígenas. A dramaturgia do espetáculo, de autoria do próprio grupo, foi composta a partir de processos focados no estudo de memórias pessoais e familiares, retrabalhadas e ficcionalizadas. Deste modo, o processo de composição dramatúrgica se deu em paralelo ao processo de encenação, com a criação conjunta de personagens, situações e roteiros de cena.

O espetáculo situa-se portanto no limiar dos processos de criação colaborativa, perpassando estudo de diversas poéticas contemporâneas de composição, tais como: forças motivas interiores, ação física, máscara facial, dramaturgias do corpo, teatro coreográfico de tensões e teatro épico.

Cada ator estabeleceu a criação de um personagem principal, que reúne conjunto específico de memórias que vão sendo paulatinamente apresentadas aos espectadores, contando com a colaboração dos demais atores, no processo de concretização dos quadros de memória. Assim, os nove atores envolvidos no espetáculo trabalham, para além de seu personagem principal, com a alternância entre os caracteres de personagens circunstanciais,
operacionalizando a estruturação dos quadros da história cultural retratados.

O processo criativo ocorreu no contexto do Laboratório de Estudos do Espetáculo e Artes da Cena – LACENA, da Escola de Música e Artes Cênicas da Universidade Federal de Goiás, sob a regência do professor Alexandre Nunes, tendo sido adotados os procedimentos criativos consolidados por este laboratório. Todos os atores possuem experiência no campo teatral, estando o grupo em fase de conclusão da formação superior em Teatro, no presente ano.

Em sintonia com a poética de encenação, a composição de Direção de Arte (cenografia, figurino e iluminação), estabelece de modo simbólico um quadro pictórico que remete o espectador à paisagem campestre goiana, em diálogo com o crescimento urbanístico da capital e os conflitos entre tradição e modernidade.

A poética do espetáculo prioriza a criação de narrativas operacionalizadas por personagens idosos, portadores de memórias ancestrais, que dialogam com a realidade das transformações do mundo moderno. Neste cenário, há espaço para se refletir tanto sobre as perdas de importantes elementos da tradição cultural goiana, quanto sobre os avanços em campos como os direitos humanos e o respeito à diversidade.

 

FICHA TÉCNICA:

Direção e Roteiro: Alexandre Nunes
Atuação e Dramaturgia: André Pereira, Delícia Eurípedes, Eliadine de Oliveira, Gabriella Fernanda, Gabrielle Santana, Heloísa Fernandes, Laura Alves, Raul Martins e Yuri Junio.

Assistência de Direção: Jordana Caetano
Cenografia: Alexandre Nunes, Dimitria Bonini e Fabiana Oliveira
Figurino: Dimitria Bonini
Iluminação: Fabiana Oliveira e Rodrigo Horse